Grampos e Grampeadores Industriais: origem e evolução

A necessidade de se fixar objetos é bastante antiga. Desde que o ser humano começou a produzir de artefatos primitivos, a fixação de materiais já passava a fazer parte de seu cotidiano. Nesse contexto e com a evolução de nossa espécie, surgiram os grampos industriais.

Os primeiros registros desse elemento de fixação surgem dos antigos persas, que precisavam de soluções para manterem unidos, de forma segura, blocos de pedra que eram usados em construções de Pasárgada (primeira capital imperial, hoje localizada no Irã). A partir daí, um construtor teve a ideia de criar um pedaço de metal torto, como dois pregos industriais unidos em uma mesma cabeça. Esse objeto era usado para ser fincado em dois blocos.

Então, os primeiros grampos de fixação foram usados na construção. Mas o mesmo não se pode afirmar a respeito dos grampeadores industriais. De acordo com dados históricos, o primeiro grampeador da história era destinado para união de papéis. A ferramenta foi feita à mão para uso exclusivo de Luís XV, no século XVIII. Já a partir do século XIX, com aumento do uso do papel, surgiram novos tipos de grampeadores industriais. O modelo que usamos atualmente tem como base uma das ferramentas de fixação patenteada em 1866.

Hoje em dia fica difícil imaginar nossa vida sem os grampos e grampeadores industriais. Eles estão presentes nos escritórios, nos centros de logística, na indústria moveleira, nas linhas de produção de estofados para carros, em tapeçaria, na fabricação de quadros, entre outros exemplos. O grampo para grampeador industrial é fundamental para fixação profissional de baixo custo e excelentes resultados.

O grampeador de papel é o mais popular, sendo uma ferramenta manual bastante comum. Quando o material torna-se mais rígido faz-se necessário o uso de grampeadores industriais de maior pressão, como o caso do grampeador para caixa de papelão. Já no caso da madeira, ferramentas pneumáticas são essenciais. Dessa forma, o grampo para marceneiro é aplicado com grampeador pneumático de forma rápida e precisa, bem como em aplicações de tapeçaria, onde o grampeador de tapeceiro garante resultados de alta qualidade na fixação dos grampos industriais.